O que a Braun viria a fazer pelo design de produtos nos próximos anos e até no século 21, já podia ser visto em em logo, originalmente design de Will Münch em 1934 e revisado apenas em 1952 pelo design freelancer contratado pela Braun, Wolfgang Schmittel.

Os anos 1950 e 60 foram décadas de mudança rápida para designers industriais, especialmente os engenheiros da Braun, a empresa alemã que já se estabeleceu como pioneira no no design de produtos eletrônicos. Aproveitando os na engenharia dada à Segunda Guerra Mundial, Artur e Erwin Braun – filhos de Max Braun, fundador da empresa – estavam prontos para começar a criar um novo conjunto de produtos. Este rádio chamado “SK2b”, concebido em 1955, é um exemplo de como seriam os rádios das próximas décadas, uma evolução diferente da geração anterior disfarçados em mobiliário de madeira, não é por acaso que Braun é um ícone do design moderno e foi referencia e inspiração até mesmo para Steve Jobs, na construção do Ipod.

Nesse mesmo ano, Dieter Rams se juntou a Braun como arquiteto e designer de interiores. Ele trabalhava principalmente no design dos sets de exposições da Braun, mas rapidamente tornou-se fascinado pela eletrônica. Em 1956, ele colaborou com Hans Gugelot da “Ulm School of Design” para criar o SK4, combinação de rádio e toca-discos. O chassi era de metal com painéis laterais em madeira, os botões de controle eram expostos ao invés de escondido do lado, e uma proteção superior em plástico transparente. Ao unir essa variedade de materiais com design moderno, o SK4 tornou-se um padrão da indústria que foi imediatamente replicada pelos concorrentes.

Um bom design é estético. Um bom design é honesto. Um bom design é duradouro. -Dieter Rams

Ipod (Apple, 2001) - Rádio T3 (Braun, 1958)
Ipod (Apple, 2001) – Rádio T3 (Braun, 1958)

Em 1962, Rams tinha sido nomeado diretor do projeto, e veio assim a oportunidade de atualizar o SK4 baseados na nova tecnologia de transistor. Transistores menores substituíram os tubos quentes volumosos necessários para a qualidade do som, o que permitiu à Rams criar o Audio 1 M Compact Stereo, com mostradores e botões de controle na parte superior, ao lado do prato giratório. Além disso, Rams projetou ainda os gravadores L45 e TG60 para acompanhar o sistema, tudo projetado ainda, para serem integrados ao sistema de prateleiras 606 da Vitsœ+Zapf, uma unidade de prateleiras ajustáveis projetadas pelo próprio Rans em 1957. Sensacional história do design !

[toggle title="Jonathan Ive, vice-presidente de design industrial da Apple, tem Dieter Rams como uma de suas principais influências. O que torna a Apple referencia para seus concorrentes no século 21." type="1" open="1"]O corpo de alumínio escovado do MacBook Pro, descende diretamente das influencias do design que Rams empregou originalmente no Audio 1 M, que fez a Braun se destacar de seus concorrentes e virou tendencia na época, sendo copiada por todos produtos de outras empresas. E de forma cíclica e irônica, a estética empregada por Ive no macbook, distingue a Apple de todos outros laptops comuns e também fez a Apple se destacar de seus concorrentes. E como era de esperar, também se torna tendencia no século 21, sendo copiada por todos concorrentes da Apple, mais uma vez graças ao Rams. Não importa seu trabalho, com design com toca-discos, calculadoras, máquinas de barbear, ou móveis, Dieter Rams é um verdadeiro inovador e tornou-se um dos designers mais influentes do século 20.[/toggle]

039-1

4-20-vitsoe-shelving-by-dieter-rams-104755

Conheça um pouco mais do design de Dieter Rams e da Braun ao longo dos tempos: http://everyday-i-show.livejournal.com/166346.html

 

Comentários